BOLETIM #7



Boletim Semanal do PSOL Niterói: Confira as principais ações do partido e a prestação de contas dos nossos mandatos populares.


☀️ PSOL RJ lança nota sobre a saída do Dep. Marcelo Freixo do PSOL | Depois de 15 anos de construção do partido, Freixo deixa o PSOL.


O PSOL RJ comunica que recebeu hoje o pedido de desfiliação do deputado federal Marcelo Freixo. Freixo é um parlamentar combativo e sua atuação no Congresso Nacional tem sido importantíssima para a defesa das conquistas democráticas e para os direitos do povo brasileiro. (...)


Reafirmamos que o Partido Socialismo e Liberdade cumpre um papel fundamental no grave momento que vive o país, estando ao lado dos movimentos dos explorados e oprimidos, em oposição aos que ganham com a miséria e o aprofundamento da desigualdade. Acreditamos que a superação da crise que o Rio de Janeiro e o Brasil vivem se dará a partir do diálogo permanente das esquerdas e dos movimentos sociais e, por isso, o PSOL seguirá despendendo esforços para construir a unidade necessária para derrotar a extrema-direita e as forças da direita tradicional que, há décadas, espoliam o Rio e o povo fluminense.


Confira a nota completa em: https://cutt.ly/knAwmW4


🎻Luiz Justino, músico da orquestra da grota, é absolvido na justiça | Músico foi preso injustamente por constar em “álbum de suspeitos” da PM


Na tarde desta quarta, dia 9 de junho, no Fórum Desembargador Éneas Marzano, em Niterói, Luiz Justino, violoncelista da orquestra da grota, foi finalmente inocentado. O músico foi preso injustamente, por ter sua foto em um “álbum de suspeitos” na Delegacia de Charitas (79ª DP).


Casos como o de Luiz infelizmente são cada vez mais comuns.A Polícia Civil tem a prática de criar pastar com fotos de jovens negros que simplesmente moram em favelas e periferias e os coloca como suspeitos, sem ao menos ter passagem ou ficha de infração na polícia.


Um ato musical marcou o início do julgamento de Luiz.


Confira: https://cutt.ly/3nAwWd0


👩🏾‍🤝‍👩🏼 Movimento feminista da cidade faz ato em memória de Vytoria | Jovem de 22 anos, foi vítima de feminícidio na praça de alimentação do Plaza Shopping


Na segunda-feira, mulheres da cidade de Niterói fizeram um ato, em frente ao Plaza Shopping em memória de Vitórya e pelo combate a violência contra a mulher. Também estava presente a família e amigos de Vitórya.


As presentes exigiram justiça para Vytória e todas as vítimas de feminícidio, além de mais verbas para o combate a violência contra a mulher na cidade.


Veja as fotos do ato: https://cutt.ly/tnAwEDG


🏘️ Moradores do Prédio da Caixa fazem ato 2 anos após remoção pela prefeitura | Reivindicação é para que a prefeitura pague os aluguéis sociais e que os moradores possam ter acesso aos seus pertences que estão no prédio


Depois de 2 anos da remoção, moradores do prédio da caixa fizeram um ato simbólico em frente ao prédio, para denunciar o não pagamento da totalidade dos aluguéis sociais para as famílias removidas e o impedimento as famílias de terem acesso aos pertences que estão no prédio até hoje. Também não houve ainda uma resolução definitiva para a situação dos moradores do prédio.


A prefeitura até hoje não tem um programa de habitação para a cidade, e milhares de famílias ainda sofrem sem ter um teto para modar na cidade.


Confira como foi o ato: https://cutt.ly/lnAwTyX


📌 Saiba quais são as iniciativas dos nossos mandatos!


🎒🌱 Mandato Coletivo Flavio Serafini | Boletim Covid do mandato denúncia falta de transparência dos dados da pandemia em Niterói.


Desde o início da pandemia o mandato tem analisado dados, gráficos e divulgado, periodicamente, informação de qualidade a respeito da COVID-19 em Niterói. No entanto, a prefeitura e a Secretaria de Saúde, ao contrário das boas práticas de transparência em comunicação, já não vinham informando os dados da pandemia na cidade de forma organizada e transparente. Não era possível, por exemplo, encontrar em um único gráfico os dados de óbitos e casos. Também nunca foi oficialmente explicado porque o número de óbitos informados pela prefeitura sempre esteve abaixo do divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde do Rio, a SES.

Recentemente a prefeitura lançou um sistema em que finalmente aparecem gráficos, com óbitos e casos, ao longo da pandemia. Contudo, os dados das últimas semanas não foram disponibilizados. Sem nenhum comunicado, desde o dia 24/5, a prefeitura simplesmente parou de divulgar o número de casos e óbitos na cidade. Além disso, o novo sistema passou, de repente, a usar os números de óbitos da SES.

O mandato coletivo Flavio Serafini e a Comissão de Saúde da Câmara Municipal de Niterói, presidida por Paulo Eduardo Gomes, já haviam indagado à prefeitura através de ofícios e outros instrumentos de fiscalização, mas nenhum foi respondido.

Niterói, pelo orçamento que dispõe, poderia ter uma política muito mais eficaz no combate à pandemia. No dia 24/05, a cidade alcançou o número de 242 mortos por COVID-19 a cada 100 mil habitantes, índice muito elevado. A importante busca por vacina, por exemplo, que contrasta com a postura negacionista do governo federal, não pode ser uma medida descolada da contenção do contágio e a busca por salvar vidas enquanto não temos vacinas suficientes.


Para assinar o boletim basta salvar o número (21) 99574-8599 e solicitar o recebimento.


✊🏾 Mandata Talíria Petrone | Ação do PSOL junto com MTST que proíbe despejos na pandemia é posto na pauta do STF de hoje!


Está na pauta do STF de hoje a ação do PSOL e do MTSTe proíbe despejos e reintegração de posse na pandemia. Já são 13 mil famílias despejadas e quase 65 mil famílias ameaçadas, em sua maioria chefiadas por mães solo e negras.


Vamos pressionar por #DespejoZero


Confira o vídeo de talíria falando sobre a ação: https://cutt.ly/XnAwPBg


💪🏿 Mandata de Favela Benny Briolly | Reunião ordinária da Comissão de Direitos Humanos, da Criança e do Adolescente para discutir sobre o cenário de trabalho infantil no município de Niterói


A Mandata de Favela se reuniu nesta quarta (9) com parlamentares, subsecretários e entidades da sociedade civil para discutir sobre o cenário de trabalho infantil no município de Niterói.

A Comissão de Direitos Humanos entende que para construção de um bom futuro, é preciso garantir o desenvolvimento de uma infância saudável. Nesta fase, brincar e socializar devem ser a prioridade. No entanto, dados de 2019 da PNAD apontam que 1,768 milhão de crianças e adolescentes de 5 a 17 anos trabalham em todo o território nacional, o que representa 4,6% da população.


Com a pandemia, o contexto se agrava pelo desmonte de políticas públicas e a falta de assistência a famílias em vulnerabilidade. Considerando a fome na realidade da população brasileira, crianças e adolescentes precisam trabalhar para somar na renda familiar.


A mandata continua acompanhando o debate e articulando coletivamente estratégicas para enfrentar o trabalho infantil.


Para acompanhar esta e outras ações: https://cutt.ly/XnAwDyF


✏️ Mandato Popular Professor Tulio | Mandato envia Indicação Legislativa referente a Plano Unificado de Cargos, Carreiras e Vencimentos da Fundação Municipal de Educação (FME).


O Mandato enviou uma Indicação Legislativa sugerindo medidas relacionadas aos Direitos previstos no Plano Unificado de Cargos, Carreira e vencimentos dos servidores da Fundação Municipal de Educação (FME). Na indicação, o mandato pediu a Regularização do pagamento dos adicionais por formação continuada e progressões dos servidores da FME que se encontrem atrasados e a publicação em D.O., do resultado dos processos para progressão por título pendentes desde outubro de 2020


📲✊Mandato Paulo Eduardo Gomes | Mandato aprova Lei João Pedro Mattos, que define 18 de maio como Dia Municipal de Luta pelo Fim do Genocídio da Juventude Negra.


Essa semana o mandato aprovou o Projeto de Lei 184/2021 que cria a Lei João Pedro Mattos, definindo o dia 18 de maio como Dia Municipal de Luta pelo Fim do Genocídio da Juventude Negra em Niterói!


No dia 18 de maio de 2020, o jovem João Pedro, de apenas 14 anos, foi assassinado dentro de casa durante uma operação policial. Policiais entraram atirando na casa da família. Esta semana três policiais foram indiciados pelo assassinato do adolescente. Segue a luta contra o racismo, agora com mais um instrumento fundamental para construção de uma cidade mais justa e igualitária!


Quer receber nosso boletim no seu e-mail ou telefone? Assine nosso boletim: https://forms.gle/aKavhuywMaegFUBLA

22 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Cadastre-se para notícias do PSOL Niterói em seu celular e email

Cadastro realizado com sucesso!