6º Encontro do PSOL Niterói elege nova direção e plano de lutas para cidade


Após 39 reuniões preparatórias de núcleos e setoriais de base do partido, o 6º Encontro do PSOL Niterói aconteceu nos dias 25, 26 e 27 de maio na Faculdade de Direito da UFF – Universidade Federal Fluminense e teve como tema “Marielle Vive!” em homenagem à vereadora do PSOL brutalmente executada no Rio de Janeiro. O encontro contou ainda com uma homenagem à João Luiz Duboc Pinaud, histórico defensor dos direitos humanos do PSOL Niterói, no início de seus trabalhos. Sua família foi convidada para um vídeo que foi apresentado no início do encontro e sua companheira de vida recebeu flores do presidente reeleito pelo partido, Thiago Melo.


A mesa de abertura do encontro aconteceu na noite de sexta (25) com o tema “Eleições, democracia e direitos humanos” e contou com a presença de Benny Briolly do Setorial LGBT, Ana Paula do MTST, os vereadores do partido na cidade Talíria Petrone e Paulo Eduardo Gomes e o deputado estadual Flavio Serafini. A mediação do debate ficou por conta de Thiago Mello.


A segunda mesa do encontro debateu a “Intervenção federal e retirada de direitos sociais” aconteceu na manhã de sábado (26) com a presença de Tatianny Araújo, servidora da saúde federal, e Pedro Rosa, trabalhador da UFF e diretor do SINTUFF. A mediação do debate ficou por conta de Mariana Borzino, membro da executiva municipal do PSOL Niterói.


A tarde de sábado (26) seguiu com uma mesa sobre a conjuntura de Niterói chamada “Por uma cidade libertária e ecossocialista”. Essa mesa contou com a participação de Diogo Oliveira, professor da rede municipal e diretor do Sepe Niterói, Caroline Leite do núcleo Morro do Estado, Chácara e Arroz do partido, da professora da UFF especialista em habitação popular Regina Bienenstein e o professor Tulio Motta do núcleo Zona Sul do PSOL Niterói.


O fim da tarde deu espaço para os grupos de trabalho temáticos que debateram ecossocialismo e direito à cidade, juventude, luta feminista, luta anti-racista, luta LGBT, educação, saúde, direitos humanos e segurança pública, comunicação e cultura, movimento sindical, inclusão de pessoas com deficiência e economia. A noite ficou por conta da reunião da Comissão de Organização e Sistematização, que organizou os encaminhamentos da discussões e grupos de trabalho em um documento a ser levado para a plenária final.


A manhã de domingo (27) ficou reservada para a apresentação das teses e contribuições construídas para o encontro e a realização da plenária final que votou e encaminhou as políticas do PSOL Niterói para o próximo período e elegeu a nova direção municipal do partido. Foram apresentadas as teses “É na luta que se constrói o PSOL Niterói” (Subverta, Insurgência e independentes), “Tese da Resistência e independentes para o Encontro Municipal do PSOL Niterói” (Resistência e independentes), “Fora Temer e Pezão, não a intervenção!” (CST e independentes), “Colocar a política no posto de comando e transformar o PSOL em alternativa real” (APS e independentes). Também foram apresentadas as contribuições de acessibilidade para pessoas com deficiência, do Setorial de Mulheres e do Núcleo de Frei Tito de Direitos Humanos. Por fim, apresentou-se e foram aprovadas as moções do encontro.


Confira as fotos do 6º Encontro do PSOL Niterói:


Cadastre-se para notícias do PSOL Niterói em seu celular e email

PSOL | Partido Socialismo e Liberdade

Diretório Municipal de Niterói/RJ - Rua Doutor Celestino, 06 - Centro / CEP: 24020-091

Telefone: (21) 3619-5208 | e-mail: psol50niteroi@gmail.com

 

O conteúdo deste site foi licenciado com uma Licença Creative Commons

Atribuição-Não Comercial 3.0 Não Adaptada